Notícias

18 JUN
[Viver

Viver "conectados" é criar pontes, afirma Francisco aos paulinos

Os capitulares foram recebidos em audiência pelo Papa na manhã deste sábado (18/08)

Redação Fé Católica
[email protected]

Membros da Sociedade de São Paulo (Paulinos) estão reunidos em Capítulo até amanhã, 19 de junho. Trata-se da XI edição, realizada na Casa do Divino Mestre, nos arredores de Roma, sobre o tema «Deixai-vos transformar mudando o vosso modo de pensar» (Rm 12,2). Chamados a ser artesãos de comunhão para anunciar profeticamente a alegria do Evangelho na cultura da comunicação.

Os capitulares foram recebidos em audiência pelo Papa na manhã deste sábado (18/08), aos quais entregou um discurso no qual nota que o Apóstolo justamente utiliza o termo "transformai-vos" e não "transformai" o mundo, porque antes somos nós que devemos mudar para poder transformar o mundo ao nosso redor. Do mesmo modo, o beato Tiago Alberiore usa a expressão “renovar o modo de pensar”, porque é a mentalidade que deve ser transformada, convertida e assimilada àquela do Mestre, para poder contribuir a difundir na sociedade um modo de pensar e viver fundado no Evangelho.

Trata-se de um grande desafio para os paulinos, de modo especial, cujo carisma é a comunicação. Não é suficiente utilizar os meios de comunicação para propagar a Boa Nova, mas integrar esta mesma mensagem na nova cultura criada pela modernidade.

Da "euforia" à criação de pontes

Depois dos primeiros tempos de “euforia” pelas novidades tecnológicas, há a consciência de que não basta viver “em rede” ou “conectados”, mas é preciso ver até que ponto a nossa comunicação, enriquecida pelo ambiente digital, efetivamente cria pontes e contribui para a construção da cultural do encontro.

O modelo para os paulinos permanece sempre o Apóstolo, que não foi um “herói isolado”, mas sempre agia em colaboração com seus companheiros. Este estilo de companheirismo deve inspirar também os membros da Congregação, disse Francisco, propondo duas palavras para a reflexão dos capitulares: sinodalidade e comunicação.

“Que o horizonte seja sempre aquele de Paulo, isto é, toda a humanidade do nosso tempo, à qual é destinada o Evangelho de Cristo, de modo especial aos que estão distantes, indiferentes e até mesmo hostis.”

Os 61 capitulares elegeram o novo Superior-geral, que é o italiano Pe. Domenico Soliman, de 56 anos, que se torna assim o oitavo sucessor de Tiago Alberione. Ele sucede ao brasileiro Padre Valdir José de Castro. Também foi eleito o novo Governo geral, composto pelo vigário e outros 5 conselheiros. Entre eles, um é brasileiro, Pe. Valdecir Pereira Uveda.

 

Com informações e foto de: Vatican News