Notícias

25 OUT
[Santuário dedicado a São Judas Tadeu se prepara para festa do padroeiro dos funcionários públicos]

Santuário dedicado a São Judas Tadeu se prepara para festa do padroeiro dos funcionários públicos

Já no dia dedicado ao santo, 28 de outubro, o Santuário receberá a presença de fiéis durante todo o dia

Redação Fé Católica
[email protected] 

Este ano, tendo como referência a Carta Apostólica Patris Corde (Coração de pai), do Papa Francisco, o Santuário Cristo Rei e São Judas Tadeu, localizado na Baixa de Quintas, em Salvador, está realizando as celebrações em preparação à festa do santo conhecido como padroeiro dos funcionários públicos. Até 27 de outubro, sempre às 19h, os devotos participam do novenário, que teve início no dia 19, e refletem à luz do tema central “Com São Judas Tadeu e São José, aprendemos a agir com um coração de Pai”.

Já no dia dedicado ao santo, 28 de outubro, o Santuário receberá a presença de fiéis durante todo o dia. Na ocasião serão celebradas Missas às 6h30, às 8h (esta presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Valter Magno de Carvalho), às 10h, às 12h, às 13h, às 14h, às 15h, às 16h e às 17h (esta última Celebração Eucarística será encerrada com a bênção do Santíssimo Sacramento).

 

São Judas Tadeu

Judas Tadeu foi um dos 12 apóstolos de Jesus. Filho de Alfeu (Cleófas) e de Maria de Cleófas, São Judas Tadeu nasceu em Caná, na Galiléia, e tinha quatro irmãos: Tiago, José, Simão e Maria Salomé. Após Pentecostes, Judas Tadeu iniciou a pregação na Galiléia e, por volta do ano 50, participou do primeiro Concílio, o de Jerusalém. Evangelizou na Mesopotâmia, Síria, Armênia e Pérsia, local onde recebeu a companhia de outro apóstolo, Simão.

A pregação e o testemunho de Judas Tadeu impressionavam os pagãos, que se convertiam ao cristianismo. Por volta dos anos 70, São Judas Tadeu foi morto a golpes de cacetes, lanças e machados. Por sua total adesão a Jesus Cristo e por testemunhar a fé com a doação da própria vida, São Judas é considerado mártir. Seus restos mortais encontram-se na Basílica de São Pedro, em Roma.

São Judas Tadeu é também considerado o padroeiro dos funcionários públicos; e passou a ser invocado nas causas desesperadas e urgentes após Santa Gertrudes ter uma visão de Jesus, que a aconselhou “Invoque São Judas Tadeu nos casos mais desesperados”. Também Santa Brígida, quando estava rezando, viu Jesus, que lhe disse: “Invocai com grande confiança o meu apóstolo, Judas Tadeu. Prometo socorrer a todos quantos por seu intermédio a mim recorrerem”.