Notícias

25 OUT
[Prefeitura de Salvador inicia requalificação dos terminais da travessia Plataforma/Ribeira]

Prefeitura de Salvador inicia requalificação dos terminais da travessia Plataforma/Ribeira

As obras serão coordenadas pela Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) e terão investimento de quase R$600 mil, provenientes de recursos municipais

Redação Fé Católica
[email protected] 

Os terminais marítimos de Plataforma e Ribeira passarão por uma série de melhorias estruturais, visando o conforto dos usuários que utilizam o modal de transporte para travessia entre ambos os bairros. A ordem de serviço para o início das intervenções, que integram o pacote de ações para conservação de espaços públicos da cidade, através do programa Salvador no Grau, foi assinada nesta segunda-feira (25) pelo prefeito Bruno Reis, acompanhado dos secretários Luciano Sandes (Manutenção da Cidade) e fabrizzio Muller (Mobilidade).

Durante a cerimônia, o prefeito lembrou o objetivo do programa Salvador no Grau. "Anunciamos R$43 milhões para obras. Vamos elevar ainda mais o patamar e chegaremos ao final do ano com a cidade toda bonita. Quem mora aqui passará a ter uma vida muito mais agradável e com qualidade de vida. Quem chegar vai encontrar uma Salvador ainda melhor. No último final de semana, chegamos a 90% de ocupação hoteleira e, com fé em Deus, os números da pandemia caindo e a vacinação avançando, poderemos fazer um grande verão".

 


A ordem de serviço para o início das intervenções foi assinada nesta segunda-feira (25) pelo prefeito Bruno Reis - Foto: Betto Jr

 

O chefe do Executivo municipal também aproveitou para ressaltar a importância do modal de transporte para os moradores das regiões da Cidade Baixa e Subúrbio. “Antes da pandemia, 15 mil pessoas passavam por aqui todo mês. Como ocorreu em todos os modais da cidade, houve redução de passageiros. Agora transporta algo em torno de sete mil a oito mil pessoas por mês. É um meio de transporte rápido e que ajuda na mobilidade das pessoas que vivem na região, colaborando para a mobilidade da cidade”, declarou Bruno Reis.

As obras serão coordenadas pela Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman) e terão investimento de quase R$600 mil, provenientes de recursos municipais. Os serviços envolvem tratamento e recuperação das estruturas de alvenaria e metálicas, dos deques em madeira e flutuadores. Serão instaladas novas telas de segurança e guarda-corpos. Os reparos envolvem, ainda, pintura e manutenção das instalações elétricas e hidráulicas. O prazo para conclusão da iniciativa nos dois terminais é de 90 dias.

Funcionamento 
Os terminais da travessia Plataforma/Ribeira funcionam de segunda-feira a sábado, das 6h às 19h; domingo 7h às 19h, com tarifa custando R$2,60 (inteira). Durante as intervenções, o sistema manterá o funcionamento normal.

De acordo com a Semob, o modal beneficia duas regiões com grande demanda de passageiros em direção à Ribeira, sobretudo estudantes e idosos em busca de atendimento médico. De ônibus, o deslocamento leva cerca de uma hora. Com o funcionamento pleno do terminal, o tempo médio entre os terminais cai para cerca de 15 minutos, oferecendo agilidade e conforto para os usuários.