Facebook Instagram WhatsApp Twitter

Fé Católica - Sempre Presente

Nossos Parceiros

Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros

Colunas

Momentos de Vida

13/04/2017 às 08:04.
Hoje, 13 de abril de 2017, estamos em plena Semana Santa e acontece , em todas as Catedrais, a Missa do Crisma e Celebração dos Santos Óleos, sendo na nossa, às 08:30 da manhã, presidida pelo nosso arcebispo Dom Zanoni Demettino Castro com participação de todo clero. Neste dia, eles renovarão as promessas sacerdotais e serão abençoados os óleos do Batismo, do Crisma e da Unção dos Enfermos, utilizados, durante o ano, para ministrar os referidos sacramentos. A celebração vespertina é da Ceia do Senhor (João 13,1-15), instituição da Eucaristia; é o ápice de toda a vida cristã e dela vem a certeza da salvação. Nela somos alimentados e preparados para a nossa missão cotidiana. Recordamos, nesta celebração, o gesto humilde de Jesus, lavando os pés dos discípulos. Depois da comunhão, ocorrerá a transladação do Santíssimo Sacramento para um altar, onde serão realizadas Vigílias de adoração – Hora Santa. Também à noite, recordamos a agonia de Jesus no Horto das Oliveiras, na tradicional Procissão do Fogaréu, que atualmente é também acompanhada também por mulheres e tem à frente a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia.
Amanhã, é Sexta-feira da Paixão - Dia de Jejum e Abstinência. Não se celebra missas, mas, sim, a Paixão e Morte do Senhor (João 18,1-19,42), constando de três partes: 1- Liturgia da Palavra (que inclui a Oração Universal); 2- Adoração da Cruz e 3 - Comunhão Eucarística. O relato da Paixão visa mostrar que a cruz tornou-se símbolo da glória divina, porque nela consuma-se o sacrifício definitivo e ela é o cume do projeto salvífico. Assim, hoje, acompanhamos o sofrimento de Jesus.
Recordamos a sua Via Crucis, a Via-Sacra, e todos os momentos que ele passou, no caminho do Calvário. Além desses, lembramos, também, outros: com sua mãe Maria; as mulheres; Simão Cirineu, que o ajudou a carregar a cruz; Verônica, que enxugou seu rosto e disse num canto de lamento: “Não há dor igual à minha dor”. Ele sofreu muito. Chegou ao Calvário, foi crucificado e, no alto da cruz, disse as últimas sete palavras: 1ª- “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem”, 2ª- “Hoje estarás comigo no paraíso”, 3ª- “Mulher, eis aí o teu filho, filho eis aí tua mãe”, 4ª- “Meu Deus, por que me abandonastes?”, 5ª- “Tenho sede”, 6ª- “Tudo está consumado” e 7ª- “Pai, em tuas mãos entrego meu espírito”. Em seguida, morreu na cruz, por amor a nós!
O Sábado Santo ou de Aleluia é o dia da Vigília Pascal. Neste dia, Jesus Cristo repousou no sepulcro, passou da morte para a vida e, assim, no domingo, podemos comemorar a Páscoa do Senhor e dizer: “Cristo ressuscitou, ele vive, está no nosso meio! Aleluia!” Sua ressurreição torna novas todas as coisas; são vencidos a morte e o pecado. É dada vida nova àqueles que confiam no poder salvador e libertador de Deus. Aleluia! Maria Madalena foi ao túmulo logo cedo e viu a pedra retirada, correu ao encontro de Simão Pedro e outro discípulo. Viram e acreditaram, mas ainda não tinham compreendido a escritura que diz: “Ele ressuscitará dos mortos” (Jo 20,1-9). Que a Páscoa, festa da Vida nova, nos dê, cada vez mais, Vida. Feliz Páscoa a todos que acompanham este espaço!

Cada paróquia tem os seus horários próprios para celebrações neste período, acompanhemos o da Catedral:

Hoje - Quinta-feira Santa:
Santa Missa da Ceia do Senhor e Lava-pés, às 18 h, seguida de Transladação do Santíssimo Sacramento e Vigília de Adoração a Jesus na Eucaristia, até 00:00.
Procissão do Fogaréu – saindo, às 20 h, da Capela Nossa Senhora da Piedade – HDPA, seguindo com homens de preto, levando tochas, cantando a Ladainha de Todos os Santos, pela av. Maria Quitéria, av. Getúlio Vargas (parando na igreja Senhor dos Passos), para cantar o Senhor Deus, continua na av. Senhor dos Passos, rua Capitão França (parando na Igreja dos Remédios), seguindo a Conselheiro Franco e encerrando na Catedral Metropolitana.

Amanhã - Sexta-feira da Paixão – Dia de Jejum e abstinência/ Coleta para Terra Santa - das 08:00 às 21:00 h a Catedral estará aberta para Oração.
08:00 h – Oração de Laudes na Catedral e
Manhã de Oração no Dispensário Santana.
09:00 h – Via Sacra na Catedral.
12:00 h – Terço da Misericordia na Catadral e em todas as comunidades da paróquia.
15:00 h – Terço da Misericórdia na Catedral
16:00 h Celebração da Paixão e Morte de Cristo, seguida da Procissão do Senhor Morto, que percorre as ruas centrais da cidade, encerrando com o Ofício da Paixão.

15/04 - Sábado Santo ou de Aleluia
09:00 h –Momento de Oração e Visita ao Cemitério Piedade
20:00 h- Celebração Solene da Vigília Pascal .
16/04 - Domingo de Páscoa - Ressurreição do Senhor
07:00 h – Missa Solene da Ressurreição do Senhor
08:15 h – Procissão da Ressurreição na Praça Monsenhor Renato Galvão – Catedral
08:40 h – Felicitação da Páscoa e Café da Manhã Partilhado
10:00 h – Batizados na Catedral
09:00 h – Santa Missa Solene Pascal na Comunidade Nossa Senhora do Carmo
09:30 h – Santa Missa Solene Pascal na Comunidade Pierre Vigne
17:00 h – Santa Missa Solene Pascal na Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
17:00 h – Santa Missa Solene Pascal na Catedral
18:30 h – Santa Missa Solene Pascal na Comunidade do Pe. Ovidio
19:00 h – Santa Missa Solene na Catedral

Nas demais paróquias e comunidades da cidade, acontecerão em diversos horários. Não deixe de participar e, desde já, uma Santa e abençoada Páscoa.

Mensagem bíblica : “Ó Pai, em tuas mãos, eu entrego meu espírito.” Salmo 30






Mário Leal Mário Leal